Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Chegueeei!!!

Imagem
Passar esses dias lá na minha terrinha foi uma experiência bem interessante, me fez pensar bastante.  Desde que me mudei pra cá, procuro continuar presente na vida dos amigos que deixei por lá. Fiz poucas amizades aqui, mas são tão gostosas que quero levar comigo por onde eu for. Voltar à Brasília e rever meus amigos me deu ainda mais fôlego pra aguentar a saudade por muito mais tempo. Na verdade, não saí visitando ninguém.  Minha sogra teve que passar por uma cirurgia no olho e eu fiquei cuidando dela, quase não passeei por lá.   Mas fiquei surpresa porque muitos dos meus amigos que não tem carro e trabalham o dia todo fizeram um esforço e foram me dar um abraço. Me senti querida demais!! Vi meu pai, matei a saudade! Minha mãe não foi me ver, nem eu a ela. Eu sabia que poderia acontecer, mas fiquei esperando uma atitude nova, mas não aconteceu. Ela deu suas desculpas e eu as minhas. No fundo sei que não temos mesmo muito o que dizer uma à outra... Quem sabe numa outra vez, num outro…

Estou no Brasil

Imagem
Passados alguns dias do meu último post me sinto na obrigação de dar alguma satisfação à vocês. Estamos em viagem ao Brasil ( mais precisamente em Brasília, que é a minha terra) para buscar minhas crias.  Tentando curtir ao máximo o momento, mas com o coraçãozinho cheio de saudade de casa. Estou na casa da minha sogra, que tem sido um amor comigo e os meus, ela está adorando a presença do netinho fofo que põe a casa de cabeça para baixo a cada amanhecer.   Logo retorno com meus posts e as novidades da viagem. Saudades, Rô.









Agora vai!!!!

Imagem
Há dois dias acordo cedo e vou malhar. Estou voltando à minha rotina de treinos e é impressionante como isso me faz bem.  Me sinto mais disposta, mais bem humorada e mais comprometida com a minha alimentação. Não estou fazendo nenhuma dieta.  Apenas fazendo escolhas melhores, procurando comer pouco depois das 6h da tarde e rezando, claro, pra ter o mínimo de autocontrole nos momentos que a gula ataca. 
É óbvio que ainda tenho alguns acessos de "fome" . Não fome de verdade, sabe? Mas fome emocional, quando fico ansiosa quero comer até o pé da mesa se ele estiver coberto de chocolate. Fome de doce, fome de algo salgado porque comi doce demais, fome de falta de vergonha... Mas tenho me policiado pra não cair na asneira de me entupir de porcarias e depois ficar chorando minhas pitangas porque não emagreço nada.  Abasteci minha fruteira e geladeira e quando bate a vontade louca de comer doces eu como uma frutinha. Estou amando cereja fresca, tornou-se minha fruta favorita. No Bras…